Tendências tecnológicas para 2018

avatar

Postado por Bruna Santos - 18 Janeiro, 2018

header-picture

As tendências tecnológicas estratégicas para 2018 foram apresentadas em um simpósio da Gartner, em outubro de 2017 nos Estados Unidos.

As tendências tecnológicas estratégicas estão relacionadas à Inteligência Artificial, à aprendizagem automática, à mistura entre mundos físico e digital, à exploração das relações entre pessoas e empresas, conteúdos e serviços e dispositivos para viabilizar negócios digitais.

Inteligência artificial

A criação de sistemas de aprendizado, adaptação e atuação de forma autônoma será um grande desafio para os fornecedores de tecnologia.

A inteligência artificial tem capacidade para aprimorar tomadas de decisão, inovar e reinventar modelos de negócios e sistemas, enriquecer a experiência do cliente.

David Cearley, vice-presidente de pesquisas do Gartner, afirma que “líderes de TI devem influenciar essas tendências tecnológicas em suas estratégias de inovação.”

 

As técnicas de inteligência artificial estão evoluindo rapidamente e as organizações precisarão investir significativamente em habilidades, processos e ferramentas para explorar com êxito essas técnicas e criar sistemas aprimorados de tecnologia”, diz ainda Cearley.

 

Segundo ele, será necessário que áreas trabalhem de forma integrada, em harmonia, de maneira multidisciplinar. “As áreas de investimento podem incluir a preparação e integração de dados, algoritmos e seleção de metodologias de criação e treinamento de modelos.”

Aplicações e análises inteligentes

A inteligência artificial estará incorporada a diversos serviços fixos e móveis. Muitos aplicativos não poderão nem existir sem inteligência artificial.

As aplicações inteligentes terão capacidade de criar uma camada intermediária de inteligência entre pessoas e sistemas, com potencial de transformação da natureza do trabalhador e sua estrutura.

A inteligência artificial é um desafio enorme no conjunto de segmentos de software e serviços. Os fornecedores de software e serviços em pacote devem definir a forma como irão utilizar a AI, acrescentando valor ao negócio, em novas versões de análise avançada, processos inteligentes e experiência aprimorada do usuário.

Coisas inteligentes

A inteligência artificial está contribuindo para o desenvolvimento de novos objetos inteligentes, com a intenção de melhorar capacidades e habilidades das coisas: automóveis autônomos, robôs, drones.

Segundo Cearley, os próximos anos prometem um domínio de cenários híbridos, semi-autônomos. A utilização de veículos autônomos em ambientes controlados (agricultura, mineração) é cada vez mais comum, sendo uma área de crescimento acelerado das coisas inteligentes.

Gêmeo digital

Gêmeos digitais (Digital Twins) é a representação digital de uma entidade ou sistema do mundo real. É uma tecnologia promissora no contexto da Internet das coisas.

Os Gêmeos Digitais são utilizados para compreender o estado das coisas ou dos sistemas, dar respostas às mudanças, melhorar operações e adicionar valor às coisas.

As organizações devem implementar os gêmeos digitais e gradativamente fazer com que eles evoluam, melhorando a capacidade de reunir e visualizar dados corretos, aplicar regras e análises adequadas e responder aos objetivos do negócio de forma eficaz.

Potenciais da nuvem

A Edge Computing descreve uma tipologia de computação em que o processamento da informação, a coleta e a distribuição de conteúdos estarão mais próximas da fonte de informação.

As empresas devem começar a usar normas de design para suportar a computação nos extremos das redes, em suas arquiteturas de infraestrutura, sobretudo àquelas com uma quantidade significativa de internet das coisas.

Cloud e Edge Computing são complementares. A Cloud envolve um estilo de computação de tecnologias escaláveis e elásticas, disponibilizadas como serviços que não exige um modelo centralizado.

Segundo Cearley, a cloud pode ser um tipo de computação usado na criação de um modelo direcionado ao serviço e a um estrutura de coordenação e controle centralizados. A Edge é utilizada em um modo de entrega para execução de processos distribuídos e desconectados do serviço cloud.

Experiência imersiva

As interfaces conversacionais estão transformando a forma como as pessoas controlam o mundo digital. As Realidades Virtual, Aumentada e Mista transformam a percepção e interação das pessoas com o mundo digital.

Para criar benefícios empresariais reais, as empresas devem buscar cenários específicos da vida real, permitindo que VR e AR sejam aplicadas tanto em aprimoramento de funcionários, tornando-os produtivos, tanto no aprimoramento de processos de design, treinamento e visualização.

A realidade mista é uma ótima opção de experiência imersiva, proporcionando uma tecnologia atraente que otimiza a forma como pessoas percebem e interagem com o seu mundo.

Plataformas conversacionais

As plataformas conversacionais levarão à próxima mudança na forma como as pessoas interagem com o mundo digital. A plataforma recebe o comando do usuário e executa algumas funções, trazendo conteúdos ou pedidos de informações adicionais.

As interfaces conversacionais se tornarão o objetivo principal de design para interação do usuário e serão entregues em hardware dedicado, recursos de sistema operacional, plataformas e aplicativos.

Adaptação contínua do risco e da segurança

Os líderes de segurança e gestão de risco devem adotar uma abordagem de avaliação contínua de risco e confiança (CARTA - Continuous adaptive risk and trust assessment) que possibilita a tomada de decisões baseadas na confiança e no risco em tempo real e com respostas adequadamente adaptadas.

A CARTA também pode ser aplicada nos processos de execução com abordagens como tecnologia de ilusão. Avanços tecnológicos tornaram mais fácil a implantação, gestão e monitoração em rede, iludindo os possíveis ataques.

 

Tópicos: Realidade Aumentada, Tecnologia

flex interativa realidade aumentada guia interatividade

Posts recentes

13º Congresso Empresarial Acipi

read more

Apple Entra Definitivamente no Mercado de Realidade Aumentada

read more

Case de Sucesso Flex Interativa: Mosaic Fertilizantes

read more