Pagamentos digitais nas realidades aumentada e virtual

avatar

Postado por Fernando Godoy - 19 Abril, 2018

header-picture

Que a realidade virtual e aumentada tem marcado presença em diversos setores já não é nenhuma novidade.

Essas soluções tecnológicas vem revolucionando diversos mercados, sendo amplamente explorado pelos setores de games, entretenimento e publicidade.

Essas ferramentas que privilegiam as experiências imersivas e interativas podem fazer a diferença também no mercado de pagamentos digitais. Segundo Paul Wash, vice-presidente sênior da Plataforma de Estratégia e Inovação da Visa, "as tecnologias de realidade aumentada e realidade virtual continuam sendo grandes tendências, com alguns temas específicos começando a aparecer com mais destaque”.

Entre as tendências, vê-se a necessidade de maior uso de aplicações para impulsionar o setor, especialmente por meio das fintechs, uma análise de dados mais preditiva e cognitiva, com o objetivo de criar melhores experiências para os clientes e aumento de parcerias, para que haja o crescimento desse ecossistema comercial.

As vendas ao consumidor realizadas no mix das tradicionais com a RA devem chegar a US$ 158 bilhões até 2025, de acordo com um relatório do grupo financeiro Goldman Sachs. A expectativa é de que mais marcas criem novas experiências com realidade aumentada e virtual em pagamentos digitais.

Em 2017, a Visa Checkout, em parceria com a empresa de processamento de pagamentos Payscout, lançou um aplicativo para facilitar as transações realizadas na realidade virtual, movimentando o cenário de startups e fintechs.

Com o crescimento das tecnologias imersivas e novas oportunidades de negócios surgindo, pensar em formas de adotar a realidade virtual e a realidade aumentada pode ser uma boa solução para chamar a atenção de novos clientes.

A transformação na experiência de compra tem se mostrado cada vez mais importante para manter a competitividade das empresas. Muitas das experiências de compra, que hoje ficam limitadas no meio digital, conseguirão se aproximar e até superar vivências pessoais. Além disso, os dados gerados pelas interações podem ser armazenados, tratados e aproveitados como informação, criando visão mais completa sobre as expectativas do cliente e melhorando o relacionamento com ele.

O desenvolvimento tecnológico amplia as possibilidades na área e permite intervenções cada vez mais complexas à distância. Podemos esperar para a realidade virtual e aumentada nos próximos anos dois aspectos determinantes: o desenvolvimento da inteligência artificial, dando autonomia e eficiência para as interações entre as tecnologias e seus usuários e o aprimoramento dos equipamentos utilizados para reproduzir os cenários das realidades, criando experiências cada vez mais completas, significativas e relevantes.

 

eBook sobre Realidade Vistua, Aumentada e MistaBaixe nosso E-book
eBook sobre Realidade Vistua, Aumentada e Mista

 

Tópicos: realidade aumentada e virutal


Posts recentes

13º Congresso Empresarial Acipi

read more

Apple Entra Definitivamente no Mercado de Realidade Aumentada

read more

Case de Sucesso Flex Interativa: Mosaic Fertilizantes

read more