Como a realidade virtual vai mudar o B2B?

avatar

Postado por Marcelo Rodino - 17 Agosto, 2017

header-picture

A realidade virtual é uma tendência no mercado de consumo. Isso porque ela permite experiências imersivas de marketing. Dentro dessas experiências imersivas, os usuários podem explorar e desenvolver uma jornada pessoal.

O uso de realidade virtual no marketing é múltiplo. Para comerciantes B2B, as experiências podem ser transformadoras se desenvolvidas e aplicadas de forma a mantê-las relevantes para a solução da empresa e avaliação do comprador.

Para que experiências em RV sejam eficazes como ferramentas  de marketing B2B, devem integrar as três dimensões do engajamento: intelectual, sensorial e emocional.

Em alguns ambientes RV avançados, os usuários podem interagir com objetos no ambiente virtual e, além de verem como eles operam, podem também obter informações importantes.

Quando plataformas de marketing inovadoras são usadas para conectar clientes potenciais e clientes em nível emocional, transcende-se os relacionamentos tradicionais de marketing e vendas, cultivando clientes entusiasmados com as soluções criadas para eles.

Produtos e equipamentos manufaturados grandes ou complicados parecem mais adequados ao marketing de RV no momento. As vendas de equipamentos de construção, dispositivos médicos ou robôs industriais, tradicionalmente, requerem visitas a sites e feiras para demonstração de funcionamento. No entanto, com a realidade virtual isso pode ser feito utilizando-se fones de ouvido e óculos desenvolvidos para tal.

A realidade virtual facilita as experiências imersivas para comerciantes B2B, ampliando a receptividade dos consumidores para as principais proposições de valor de todo o ciclo de vida do cliente, o que é a verdadeira realização do setor de marketing.

A realidade virtual se destaca por permitir colocar os clientes em uma simulação de produto virtual e, ainda, permitir ao comerciante estar no mesmo ambiente, interagindo e conversando com eles.

A realidade virtual pode aumentar exponencialmente o engajamento dos clientes. Pesquisas do Laboratório Virtual de Interação Humana de Stanford mostram que as simulações de realidade virtual podem ser motivadoras poderosas para o comportamento de compras das pessoas.

A eficiência de uma simulação em realidade virtual pode ser medida em tempo real. A análise de RV pode determinar qual é produto que o cliente está interessado, quais partes da apresentação são mais atraentes e qual cliente será provável comprador.

A realidade virtual permite capturar a atenção dos clientes para mostrar o que torna o produto excepcional, ou seja, ela permite que se reivindique o público cativo do produto. Este é apenas o começo da RV como meio de marketing. Os comerciantes precisarão se mover rapidamente para aproveitar esta tecnologia como uma forma de potenciar os seus negócios e criar um novo canal de venda.

E você? Está preparado para esta inovação?

flex interativa realidade aumentada guia interatividade

Tópicos: Realidade Aumentada


Posts recentes

13º Congresso Empresarial Acipi

read more

Apple Entra Definitivamente no Mercado de Realidade Aumentada

read more

Case de Sucesso Flex Interativa: Mosaic Fertilizantes

read more